terça-feira, 4 de novembro de 2008

O Último Respiro

Fiz as malas e parti,
Comecei uma nova luta e segui,
Quis um novo caminho,
E assim fiz.
Na última noite eu caminhei,
Sem a tua sombra,
Sem a escuridão,
Sem lua e sem ilusão.
A última vez que te vi,
Constatei…
Perdi a inocência,
Perdi o meu amor,
Perdi a coerência,
De como sentir a dor.
A última vez que te vi,
Sonhei…
Eras só aquele corpo,
Aquele abraço,
Aquela protecção,
Aquele desejo, aquela paixão.
Ganhei nova luz,
Ganhei cor,
Sem desilusão, sem medo,
Sem passado nem segredo.
A última vez que te vi,
Amei…
Assim fizemos amor,
Assim foi a despedida,
Apenas no sonho, na ilusão,
Foi perfeito, o deixar a escuridão.
A última vez que te vi,
Pequei…
Pequei por amor,
Pequei por sonhar,
Pequei, não matei o petiz,
Pequei, por não ser, eu, feliz.
A última vez que te vi,
Respirei, sonhei, aprendi, fiz.
Comecei a despedir, encontrei a verdade,
Comecei a aceitar, a respirar a saudade,
O Petiz se foi, o coração bateu,
O último respiro para crescer, morreu e renasceu.
Impossible Prince

1 comentário:

ImpossiblePrince disse...

Obrigado. Boas escolhas musicais :)